Crianças vítimas da guerra…

18 09 2008

Olá!

Todos sabemos que a Paz é um valor muito importante para o desenvolvimento de outros valores e condições essenciais de vida. No entanto, infelizmente também sabemos que é um ideal muito, muito difícil de conquistar e na era que atravessamos ainda mais. Quem toma as decisões são os dirigentes políticos e religiosos, os que têm poder para tal. Mas quem sofre mais com a guerra não são eles, mas sim as populações, o povo, os desprotegidos, os que não têm culpa do que está a acontecer em seu redor… Perdem família, casa, alimento, saúde, Felicidade, Amor e, muitas vezes chegam mesmo a perder a vida… É nessas pessoas, principalmente as crianças que eu estou a pensar e que quero que vocês pensem quando virem este vídeo:::

Comentem a pensar nelas…


Ações

Information

4 responses

23 09 2008
Cátia

As crianças são as coisas mais importantes do mundo para mim e por isso nenhuma delas merece que estas coisas lhes acontençam… todas as crianças tem direito a ser felizes a ter uma infancia onde possam correr, saltar, brincar fazer tudo o que faz parte do crescimento das crianças…. e a guerra de certeza k nao faz falta…
Mas tambem não são só as crianças que nao merecem a guerra os povos mais velhos tambem nao merecem isso… toda a gente tem direito a ser feliz….

23 09 2008
diogojrs14

concordo plenamente contigo, mas porque é que desde sempre, o Homem origina guerras entre a própria espécie, mesmo antes de ser considerado humano criava conflitos frequentemente. Temos uma obcessão pelo poder, por sermos superiores, por dominar e vencer, não só os homens, mas todos os indivíduos da nossa espécie, homens ou mulheres e mesmo as crianças…
mas por termos uma capacidade de raciocínio dita superior, temos também o dever de nos comportar-nos como seres inteligentes, tolerantes, auto-controlados, etc. Então porque é que agimos como irracionais?

4 10 2008
einsteintania

Existem algumas situações em que talvez, nem eu nem tu, , não possamos fazer directamente grande coisa para construir a paz. Talvez não possamos parar as explosões no Iraque. Ou desminar as terras em áfrica. Não podemos tirar as armas às crianças-soldado. Nem podemos dar trabalho aos excluídos da sociedade.
Mas podemos ser construtores de paz onde estamos.Podemos opor-nos às atitudes violentas e às palavras que põem rótulos aos outros. Podemos desmontar mal-entendidos, provocar encontros entre pessoas que não se falam, falar delicadamente. Podemos negar-nos a deixar de falar com alguém. Podemos escutar quem sofreu uma desilusão. Podemos procurar soluções para «becos sem saída».
Enfim, podemos construir uma cultura de paz. Quem opta pela paz, não é um «bonzinho», que qualquer um pode manipular…Quem opta pela paz, transforma o mundo, deixando o seu rasto.

4 10 2008
diogojrs14

tens toda a razão. Apesar de não nos ser possível, para já agirmos directamente a favor da Paz e da Solidariedade noutros países e regiões, podemos sempre construí-la AQUI! Cada um de nós pode ser um soldado da Paz na nossa família, na nossa “aldeia”, na nossa turma, na nossa escola ou local de trabalho. No entanto, muitas vezes até esse “pequeno contributo” para a felicidade global, é difícil de conseguir, porque parecemos sozinhos a lutar contra a corrente, contra tudo e contra todos, por isso há necessidade de nos juntarmos em grupos, organizações, em autênticos batalhões, ou até mesmo exércitos de combatentes do Mal, do Desamor, da Crueldade, da Fome, da Guerra…
assim, torna-se mais fácil para nós suportarmos o sofrimento, o cansaço e o insucesso da nossa guerra!
Obrigado pelo comentário.🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: