Máscaras que enganam…

7 03 2009

Olá a todos!

Vai fazer duas semanas, festejou-se o Carnaval, onde quem gosta se mascara ou veste de forma diferente, para não ser reconhecido, por brincadeira ou para se divertir. Há quem se disfarce das mais variadas formas e feitios, imitando pessoas conhecidas, fazendo troça delas, vestindo-se de forma que para o resto do ano não é apropriado vestir-se. É um tempo para a diversão, para a brincadeira e para muitas outras coisas, que variam de pessoa para pessoa.

No entanto, não é deste tipo de disfarce que eu vos quero falar… Mas sim de uma forma de disfarce mais perigosa, que não se usa numa época ou dia do ano. Certamente que já pensaram sobre isto, ou conhecem quem seja assim, quem viva quase permanentemente mascarado ou disfarçado, ou seja, quem faz da própria vida uma farsa e uma falsidade. Este disfarce pode enganar muita gente, muito mais do que o disfarce de Carnaval e durante muito mais tempo, porque nesta ocasião festiva, por mais bem disfarçados que estejamos, somos facilmente e rapidamente descobertos… Estas pessoas, são normalmente mentirosas, desconfiadas, falsas, mas muitas vezes conseguem passar despercebidas e sem que lhes descubram a “máscara”, enganando todos sem que ninguém desconfie. Acredito que a maior parte destes casos, algum dia fracaçam e são descobertos, porque é bom que assim seja e que lhes seja atribuído um merecido castigo, por parte da sociedade, das pessoas que com estas “convivem”. Todavia, por certo que muitos/as outros/as “mascarados/as” conseguem enganar muita gente e sair sempre “por cima”. Casos destes levam-nos a ter sempre um pé atrás e a desconfiar das intenções, palavras e atitudes das pessoas que não conhecemos bem. E isso pode ser uma boa protecção e uma boa forma de descobrirmos a realidade e a verdadeira “face” das pessoas. Mas, CUIDADO, porque não é só quem nós não conhecemos que nos pode desiludir, atacar e enganar! Antes assim fosse, mas, muitas vezes, são aqueles que nós julgamos conhecer e em quem temos confiança que nos surpreendem, pela negativa claro. E nestas situações, pode ser muito pior o resultado e as consequências podem ser autênticos pesadelos e por vezes irreversíveis e deixar marcas para sempre…

É preciso estar-se preparado para este tipo de enganos e estar alerta para os descobrir com astúcia e perspicácia, para que nem nós nem os outros se deixem enganar por pessoas assim! Precisamos de ser radicais, por vezes, para nos mantermos em segurança e agir de forma a desmascarar rapidamente os disfarces perigosos… Estas pessoas podem ser autênticas BESTAS e devem nesses casos ser tratadas como tal, sempre de uma forma que mostre a nossa superioridade em relação e elas. Quem é verdadeiro e vive na verdade, é e será sempre superior aos que vivem a enaganar, a mentir, na falsidade e na mentira!

Mantenham-se SEMPRE ALERTA! Fiquem bem! Bons comentários!🙂

diogojrs14😉


Ações

Information

5 responses

7 03 2009
ruifms

Realmente existem pessoas que não são o que pensamos e podem esconder sempre a sua «verdadeira face» e também serem umas bestas, como referiste no texto, e temos que estar preparados para nos «defendermos» ou «atacar» sempre que for possível.
Dou-te os parabéns porque penso que o texto está muito bom, na maneira como trataste o assunto e na forma como escreveste, e também por falares no assunto já que não é todos os dias que se falam em assuntos destes.

8 03 2009
Ricardo Teixeira

Faço do comentário do Rui, o meu também. Para mim foi o tópico melhor que fizeste até hoje.

Um abraço

2 04 2009
Mickael

Oque vou dizer depois destes grandes comentários. Realmente existem muitas pessoas que não são realmente o que pensamos, por isso, devemos sempre falar com as pessoas mas com “um pé atrás”, devemos ser muito desconfiados.

29 09 2009
Euzinha

Conheço uma situação de pessoa que vive uma farsa!
Mas meu caro, existe a contra-partida, muitas vezes quem pensa enganar,
enganado é!
A mentira nunca foi, nem nunca será boa pra ninguém! Nem pra quem a propaga, nem pra quem a recebe…
Adorei o texto!
Abraços,

29 09 2009
Alex Bezerra

Olá Diogo, procurei de todo jeito encontrar seu sobre nome e não achei em seu blog.
É que gostaria de reproduzir um de teus textos, mas quero colocar seu nome de autor, claro.

Mas no seu perfil não tem seu nome, apenas Diogo.

Como faço?

Abraços e parabéns pelos belos textos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: